Buscar no site:
Curso de seleção e produção de abelhas rainhas na CEPLAC reúne apicultores da Bahia e outros estados

 A CEPLAC/MAPA promoveu de 15 a 19 de outubro, em seu Núcleo de Apicultura e Meliponicultura do Sul da Bahia, localizado no Cepec, um Curso de seleção e produção de Abelhas Rainhas. O treinamento coordenado pelo pesquisador Ediney de Oliveira Magalhães reuniu 19 apicultores da Bahia e de outros estados.

Em mensagem proferida no encerramento do Curso, o Coordenador de Planejamento e Projetos Especiais da CEPLAC/Subes, Antonio Zugaib, na oportunidade representando a Superintendência, parabenizou a equipe do Núcleo de Apicultura sob a coordenação de Ediney de Magalhães, pelos trabalhos desenvolvidos e incentivou que os participantes coloquem  todo o aprendizado no desenvolvimento de suas atividades. Ele lembrou também que “a apicultura já foi tratada como uma complementação de renda para  o produtor  e atualmente já está sendo destacada como uma atividade principal de sustentação das famílias”.

O chefe do Centro de Pesquisas e Extensão da CEPLAC, Raul René Valle, também destacou que os trabalhos de pesquisas na apicultura incrementados pela CEPLAC e disponibilizados aos produtores, proporcionaram o crescimento econômico da atividade na região e tornou a CEPLAC um referencial no Brasil.

Ediney de Magalhães informou que durante as 40 horas do curso os participantes aprenderam a selecionar abelhas voltadas para a alta produtividade e sobre o seu comportamento higiênico. “Também mostramos diversos métodos desde o mais simples até o mais técnico em produção de rainhas e como ampliar um apiário de forma muito rápida”.

Segundo Magalhães “com essa metodologia que estamos desenvolvendo aqui na CEPLAC de seleção e produção de rainhas é possível com simplesmente 30 colméias transformarmos em 100 colméias num período de uma hora”. Ele concluiu avaliando que “os participantes estão saindo com uma visão mais profissional da apicultura. A produção do mel e outros produtos apícolas passam pela seleção e produção de rainhas e a CEPLAC hoje detém essa tecnologia que está sendo difundida pelo Brasil através dos nossos cursos”.

Na opinião do apicultor Manoel Passos, da fazenda Lagoa de Cima, no município de Remanso, localizado no semi árido baiano, “esse curso é fantástico, pois  com 26 anos trabalhando com apicultura eu não tínha esse conhecimento fundamental. Vai ser uma revolução para todos nós  em Remanso e demais apicultores da nossa região  do vale do São Francisco. Acho importante essa preocupação da CEPLAC em colocar a apicultura como uma forte alternativa de renda para nós produtores”.

Outra participante do Curso é a aposentada Monica Aparecida Cunha Picolo, do município goiano de Pires do Rio, que está iniciando na atividade apícola. Ela salientou que “por ser iniciante na atividade a minha participação nesse curso representa muito. Depois que aposentei resolvi criar abelhas, pois tenho origem na zona rural e gosto bastante da apicultura, pois além do retorno financeiro ela passa uma boa energia, tranqüilidade e uma força enorme. Portanto, a Bahia está de parabéns com a CEPLAC. Cada estado deveria ter uma CEPLAC, principalmente no meu estado em Goiás”.

Na avaliação de José Costa, apicultor do Sitio Santo Antonio em Itapetininga (SP), o curso foi excelente. “Eu precisava fazer  pois não dominava esse manejo  e agora já estou preparado. Vejam que já lido com abelhas  há 20 anos  e na apicultura agente nunca sabe tudo e sempre estou aprendendo, acrescentando mais conhecimentos e renovando a cada curso. Agradecemos bastante a CEPLAC e ao professor Ediney por tudo”.

Ao final do curso os participantes e toda a equipe da CEPLAC envolvida no treinamento doaram de forma espontânea 1.680 kilos de alimentos não perecíveis para duas Instituições de Itabuna: a GAPO - Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico e o Abrigo São Francisco de Assis. A ação humanitária foi recebida com muita gratidão pelos representantes das duas entidades presentes durante o evento de encerramento do Curso.   

Informações sobre a participação nos cursos ministrados pela CEPLAC podem ser obtidas com o Núcleo de Apicultura pelo telefone: 73-3214-3253.

Superintendência da CEPLAC/MAPA para BA e ES

Jornalista: José Carlos Peixoto

Reportagens: José Hamilton  - Fotos: Águido Ferreira

Assessoria de Comunicação da Ceplac
Friday, 10/26/2018