Buscar no site:
CEPLAC/MAPA e SDR dinamizam ações para capacitação de agricultores familiares

Em 1º de março último, foi realizado uma reunião na Superintendência da CEPLAC/MAPA Bahia, envolvendo dirigentes e técnicos da CEPLAC, SDR - Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia e Bahiater, com o objetivo de traçar estratégias de readequação e dinamização para o presente exercício, do projeto que visa à capacitação e formação de agricultores familiares. Esse encontro é resultado de gestões anteriores realizadas na capital do Estado, pelo superintendente da CEPLAC/MAPA na Bahia, Carlos Alexandre Brandão.

Carlos Alexandre Brandão ressaltou a importância desse trabalho de capacitação de agricultores familiares, que vem sendo desenvolvido pela CEPLAC há vários anos, em parceria com o governo do Estado da Bahia e outros organismos. “Estamos fazendo gestões para reorganização desse importante projeto que busca a qualificação e assistência dos agricultores familiares visando sempre melhorar o seu nível de renda e a sua qualidade de vida no campo”.

Além da CEPLAC/MAPA, participam do projeto, o governo do Estado da Bahia através da SDR - Secretaria de Desenvolvimento Rural, Bahiater – Assistência Técnica e Extensão Rural e a CAR – Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, Instituto Biofábrica de Cacau e diversas cooperativas de agricultores familiares (COOPAFS/Itabuna, COOFASULBA/Ilhéus, etc).    

Segundo Sérgio Murilo, coordenador técnico do Projeto da Agricultura Familiar no Núcleo de Extensão da CEPLAC em Ilhéus, “esse é um projeto que está em execução desde 2014 e sua concepção foi em 2013, visando à capacitação e formação de agricultores familiares, localizados em toda a região de atuação da CEPLAC, compreendendo sete territórios (do Baixo Sul, litoral Sul, Vale do Jequiriçá, Médio do Rio de Contas , Itapetinga, Extremo Sul e Costa do Descobrimento). Até o momento o projeto já beneficiou um número estimado de 10 mil agricultores e abrange basicamente três grandes temas: desenvolvimento  rural sustentável, organização sócio produtiva  e verticalização da  produção”.

Nesse processo de rediscussão e retomada do projeto para esse ano de 2018, Sérgio Murilo informa, que terão continuidade as mesmas metodologias coletivas aplicadas junto aos agricultores familiares: cursos, seminários, excursões técnicas, curso de formação de jovem empreendedor rural e encontro de mulheres rurais. Também serão promovidos imediatamente, segundo ele, alguns encontros territoriais para debater sobre temas específicos mediante as demandas de cada território em que os agricultores estejam situados.

Durante a reunião, o chefe de Gabinete da SDR - Secretaria de Desenvolvimento Rural, Geandro Ribeiro, destacou a parceria com a CEPLAC, entendendo a assistência técnica como ação primordial. “Nós não podemos discutir cacau e assistência técnica sem a presença da CEPLAC, que sempre foi uma grande parceira do governo do estado, por ela ter um quadro técnico excelente e apesar desse processo de reformulação, está presente em vários municípios da região cacaueira”. 

O encontro, no entendimento da Diretora Superintendente da Bahiater, Célia Watanabe, “é a coroação de um processo de parceria que nós já estamos desenvolvendo há vários anos no âmbito do governo do estado e a CEPLAC, e estamos readequando um projeto, já em andamento, que visa o fortalecimento das cadeias produtivas da agricultura familiar, e numa reorganização dentro da SDR essa demanda está sendo  desenvolvida a partir de agora  com a Bahiater”.

“Então é um conjunto de ações e demandas da agricultura familiar que serão atendidas por esse projeto que visa  manter e  criar uma dinâmica  de um campo com vida, com a presença de juventude , que as pessoas possam viver dignamente  nos seus espaços, produzindo e acessando as políticas públicas. Daqui pra frente vamos intensificar as parcerias e trabalhar bastante, garantiu Watanabe”.

Dentre as participações destacamos também as presenças de Lanns Almeida (Instituto Biofábrica de Cacau) e pela CEPLAC: Antonio Zugaib (Chefe de Planejamento e Projetos Especiais da Sueba); Raul René Valle (Chefe do Centro de Pesquisas e Extensão); João Henrique (Cenex); José Marques Pereira (Cepec) e Jackson Eduardo Moreira (Chefe da Divisão de Sup. Administrativo e Financeiro).

 

Jornalista: José Carlos Peixoto  - Reportagens: José Hamilton – Fotos: Águido Ferreira

Assessoria de Comunicação da Ceplac
Friday, 3/9/2018