Buscar no site:
Prefeitura de Itabuna aprova programa integrado de ATER elaborado pela CEPLAC/MAPA

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, recebeu em 25 de agosto último, uma equipe de técnicos da CEPLAC/MAPA que fez exposição e entregou um programa piloto de Assistência Técnica e Extensão Rural-ATER para aplicação no município em parceria com a Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica, Agricultura e Meio Ambiente, alinhado com o programa Bahia Produtiva, do governo do Estado da Bahia e articulação com vários órgãos governamentais federais, estaduais, municipais e não governamentais.

O programa apresentado pela CEPLAC/MAPA, considerado arrojado e desafiador pelos próprios técnicos da Instituição, prevê ações integradas de assistência técnica e extensão rural, que partem da realização de um censo agrícola municipal e de dados do Sistema de Informações SISCENEX da CEPLAC, para se trabalhar com dados atualizadas e consistentes. A zona rural de Itabuna abrange mais de 300 quilômetros quadrados e conta com cerca de 1.000 pequenas propriedades agrícolas.

O programa pretende alcançar o universo dos produtores rurais do município e suas organizações associativas com a implantação de projetos agropecuários e agroindustriais, lastreados no acesso ao crédito rural e no desenvolvimento de ações cooperativistas com o objetivo de fazer a aquisição de materiais em escala que garanta melhores preços na compra de insumos e equipamentos e melhores preços na venda dos produtos.

Outro objetivo do programa é avançar na regularização ambiental com a implementação do Cadastro Ambiental Rural e ampliar as emissões de Declaração de Aptidão ao Pronaf para garantir o acesso ao crédito rural dos Planos Safra, Programa de Aquisição de Alimentos, Programa Nacional de Alimentação Escola e ao projeto Empreendedores de Economia Solidária.

O chefe de pesquisa e extensão da CEPLAC/MAPA, Raul Valle, afirmou que “serão executados serviços de análise de solo pela CEPLAC, orientação na aplicação de adubo, fertilizantes e correção do solo, utilização de clones de alta resistência a doenças e produtividade comprovada, além de treinamentos grupais da mão-de-obra nas práticas de manejo correto das plantações, dias de campo, aulas práticas de beneficiamento do cacau produzido, mas que vai orientar também na diversificação e consorciação de cultivos para ampliar a renda do espaço rural”.

O programa vai realizar ações junto às mulheres trabalhadoras do campo para se capacitar e se engajarem em projetos produtivos que as habilitem ao acesso às políticas públicas do Pronaf Mulher. Outro objetivo do programa é estender ao município de Itabuna o programa Jovem Empreendedor Rural desenvolvido pela Ceplac com o apoio do Banco do Nordeste, que busca estimular e preparar jovens entre 15 e 28 anos a despertarem o interesse e às habilidades para o trabalho produtivo e rentável na propriedade de suas famílias.

O Prefeito Fernando Gomes aprovou o projeto e decidiu que “vai entrar em campo para buscar os recursos necessários à execução deste programa que ele tem certeza que vai aumentar a participação do produto agrícola no PIB municipal, elevar a renda dos produtores, gerar empregos dignos na agricultura e construir cidadania na zona rural de Itabuna e garantiu que outros serviços que a prefeitura presta na área urbana tais como o de saúde, educação entre outros podem ser planejados para ser estendidos também, através deste programa, à zona rural”.

Superintendência da CEPLAC/MAPA na Bahia

Jornalista: Raimundo Nogueira 

Assessoria de Comunicação da Ceplac
Tuesday, 9/5/2017