CENTRO DE PESQUISAS DO CACAU      

 

 

 

CONFIRMAÇÃO DA FECUNDAÇÃO CRUZADA ENTRE Theobroma cacao E Theobroma grandiflora COM BASE EM MARCADORES MOLECULARES.

 

   O cruzamento interespecífico é uma alternativa dentro do programa de melhoramento do cacaueiro na busca de genes de interesse, diversidade genética e heterose. Estão sendo feitos testes de hibridação entre Theobroma cacao e outras espécies do gênero, sendo que o cupuaçu (Theobroma grandiflora) apresenta grande potencial de complementariedade gênica. A confirmação da fecundação cruzada é  de extrema importância no processo e pode ser feita por meio de características de natureza dominante e de fácil visualização que sejam contrastantes entre as espécies envolvidas (genes marcadores). Na ausência de tais características ou na impossibilidade de avaliação das mesmas, marcadores moleculares do DNA têm sido utilizados para tal objetivo. Objetivo: Analisar a utilização de marcadores RAPD e microssatélites para confirmar a fecundação cruzada em supostos híbridos F1 de T. cacao e T. grandiflora. Metodologia: Amostras de DNA de 4 supostos híbridos F1 e dos possíveis pais foram extraídas e amplificadas via PCR para obtenção de marcadores moleculares RAPD e microssatélites. Foram utilizados, nas amplificações, 23 primers para microssatélites e 12 primers para RAPD. Os produtos da amplificação foram submetidos a eletroforese em gel de agarose 3 e 1,2% para marcadores microssatélites e RAPD, respectivamente. Após a eletroforese, os géis foram corados com brometo de etídio e fotografados sobre luz ultravioleta. Os marcadores moleculares gerados pelos diferentes primers foram analisados quanto à presença ou não de fragmentos informativos para a confirmação da fecundação cruzada. Resultados: No caso dos marcadores microssatélites, 26% não geraram fragmentos nítidos em T. grandiflora, contudo 40% geraram fragmentos informativos para a confirmação da fecundação cruzada. No caso dos marcadores RAPD, 75% geraram pelo menos um fragmento informativo para a confirmação da fecundação cruzada. Apenas um primer não gerou fragmentos polimórficos entre T. cacao e T. grandiflora. De acordo com os resultados, os quatro materias genéticos analisados não foram originados por fecundação cruzada. Conclusão: Os marcadores RAPD e microssatélites mostraram-se excelentes ferramentas para verificar a ocorrência ou não da fecundação cruzada entre  T. cacao e T. grandiflora. O uso dos marcadores moleculares para tal objetivo tem possibilitado a confirmação da fecundação cruzada em estágios iniciais de desenvolvimento de supostos híbridos e novas perspectivas de hibridação entre Theobroma cacao e outras espécies do gênero.

 

APOIO FINANCEIRO: CEPLAC/CFC/ICCO/BIOMOL, IBECAU